Organização Financeira: uma Boa Alternativa para um Futuro Tranquilo

Atualmente para muitas famílias brasileiras, quando se trata da administração da casa, a palavra de ordem é economizar para que a renda familiar não se esgote antes do final do mês. Para identificar onde e o que está afetando negativamente as finanças da família recomenda-se duas práticas: organização financeira e planejamento financeiro.

O significado de organização financeira não se restringe apenas em manter as contas em dia e poupar algum dinheiro, significa também ter na ponta do lápis qual a renda, quanto se gasta e para onde vai seus rendimentos.

Já planejamento financeiro consiste basicamente em um mapeamento dos rendimentos e dos gastos mensais, cujo principal objetivo é orientar na organização das finanças, evitar o endividamento, aproximar as pessoas de suas metas e consequentemente gerar mais qualidade de vida.

Para saber com precisão quais são seus rendimentos e suas despesas é importante fazer uma combinação entre as duas ferramentas: planejamento e organização financeira.

Cuidar das finanças é essencial para todas as pessoas, independente de qual o rendimento da família e se a pessoa está endividada ou não. O controle eficiente do dinheiro recebido e de todas as despesas, assim como identificar as categorias de gastos, os possíveis excessos de consumo e os comportamentos prejudiciais são ações que ajudam criar estratégias para compreender o que está afetando negativamente a saúde financeira da família.

Neste caso a organização e o planejamento financeiro aparecem como uma excelente opção para o indivíduo administrar sua renda familiar de maneira eficiente, inteligente e rentável e a médio e longo prazo conquistar uma vida econômica mais saudável e tranquila.

 

Importância, Dificuldades e Benefícios do Controle das Finanças

 

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais brasileiras constatou que mesmo tendo consciência da importância de fazer o controle das finanças pessoais, uma parte considerável dos consumidores brasileiros diz que não tem o hábito de fazer um planejamento para controlar as despesas mensais.

Os especialistas em finanças consideram que a falta de conhecimento da população brasileira quanto ao papel que a organização financeira e o planejamento financeiro podem exercer em suas vidas é algo preocupante, pois essas ferramentas são muito importantes, na medida em que ajudam o consumidor equilibrar os rendimentos e as despesas, melhorar os hábitos de consumo, poupar e se aproximar das metas e a ficar cada vez mais longe das dívidas.

Na opinião do educador financeiro, José Vignoli, muitas pessoas deixam de fazer o controle sobre suas despesas para ter um orçamento mais equilibrado por achar que dá muito trabalho ou que é muito difícil de fazer um planejamento financeiro, porém “se esquecem de que trabalhoso mesmo é encarar o endividamento e a restrição ao crédito. Lidar com o dinheiro exige disciplina e comprometimento para viver dentro da sua realidade financeira e não tomar decisões equivocadas”.

Entre os motivos que explicam a dificuldade que algumas pessoas têm em organizar as finanças temos: a falta de educação financeira, padrão de vida incompatível com a renda, ausência do hábito de poupar, falta de controle do orçamento, uso descontrolado do cartão de crédito, endividamento excessivo, não saber como fazer ou por onde começar a organização, falta de planejamento e de foco nas metas. Além desses motivos, existem também fatores externos como redução de salário inesperada e as crises econômicas.

Certamente que para organizar nossas finanças temos que enfrentar vários desafios, mas os benefícios são tantos que vale a pena se esforçar, mudar alguns hábitos e ter força de vontade e equilíbrio na hora de comprar.

Entre os benefícios de ter uma organização financeira é que possibilita que uma pessoa tenha um panorama amplo da sua arrecadação e de suas despesas, tornando mais fácil saber em que e como estão sendo gastos os rendimentos mensais e o que é preciso ser feito para reduzir os custos e poupar algum dinheiro.

Outro benefício dessa ferramenta é que contribui para assegurar a boa saúde de suas finanças, para ter níveis satisfatórios de qualidade de vida, para realizar seus sonhos, para estar sempre preparado para os imprevistos financeiros e garantir um futuro tranquilo para você e para sua família.

Além disso, diante das mudanças ocorridas no sistema previdenciário brasileiro tornou-se essencial criar um bom plano financeiro para ter uma aposentadoria tranquila e sem preocupações.

 

Como Organizar Suas Finanças

 

Para aqueles que almejam uma situação financeira mais tranquila e equilibrada a dica é a fazer o controle das finanças com dedicação, disciplina e foco nas metas que pretende alcançar e fugir de armadilhas, como as ofertas irresistíveis e o uso descontrolado do cartão de crédito.

Uma boa organização financeira requer que seja contabilizado não apenas as contas de rotina de uma casa, como aluguel, água, luz e telefone, mas também as pequenas despesas como um ingresso para o cinema, um lanche e até mesmo um simples cafezinho, assim fica mais fácil saber para onde estão indo seus rendimentos.

Na internet são encontrados diversos apps gratuitos de controle financeiro que podem ajudar na missão de ter o controle eficiente de suas finanças.

Para implementar uma organização financeira na rotina da casa recomenda-se algumas práticas que vão ajudar a controlar suas finanças e garantir um futuro tranquilo para você e para sua família. Confira:

 

– Escolher o meio de elaborar seu planejamento financeiro que pode ser por aplicativos para celular ou softwares para computador ou por uma simples planilha;

– Registrar todas as fontes de renda de todos os membros da família, incluindo rendas extras e investimentos;

– Relacionar todas as despesas, separando as fixas das variáveis e fazer uma análise minuciosa para identificar em que está gastando mais dinheiro;

– Identificar e cortar ou reduzir os excessos que podem esta comprometendo suas finanças sem prejudicar seu lazer e de sua família;

– Conversar com todos os membros da família sobre a importância da organização financeira, colocando-os a par da real situação das finanças da casa;

– Fazer um plano de eliminação de dívidas, caso as tenha, para paga-las mais rapidamente;

– Reservar o dinheiro para pagamento das contas anuais como IPVA, IPTU, seguros entre outros;

– Estudar o mercado financeiro para conhecer os principais investimentos, as taxas de juros e da inflação e como anda as aplicações em renda fixa e variável no cenário econômico do momento;

– Planejar, de acordo com a renda familiar, quanto gostaria de gastar no mês, definindo suas metas de médio e longo prazo como comprar um imóvel, investir na melhoria do seu currículo ou simplesmente ter uma aposentadoria tranquila.

Podemos observar que a organização financeira e o planejamento financeiro podem trazer grandes benefícios para quem deseja uma vida financeira saudável e próspera. O segredo para ter sucesso ao implementar a organização financeira na rotina diária da casa é estabelecer limites, ter dedicação e disciplina e criar estratégias para não ceder aos anúncios e promoções irresistíveis de produtos que não são necessários para você naquele momento.

Compartilhe este post:

Assine nossa newsletter

Receba cupons de desconto, dicas de economia, informações sobre atualizações no aplicativo e muito mais!

Fique tranquilo, não enviamos spam

Copyright © 2022 ByPantry. Todos os direitos reservados

Desenvolvido por